Premiação revela as melhores startups para trabalhar no Brasil

Iniciativa da Virtvs e da Great Place To Work reconhece startups com até 30 funcionários que se destacam com boas práticas de liderança e gestão de pessoas

São Paulo, dezembro de 2016 – As melhores startups para trabalhar no Brasil foram conhecidas na entrega do prêmio No Caminho Certo 2016. A premiação, realizada no último dia 16 de dezembro, é uma iniciativa da Virtvs e da Great Place to Work para destacar o trabalho realizado por startups com até 30 funcionários que se sobressaem por boas práticas de liderança e gestão de pessoas.

Os três destaques desta segunda edição foram as startups Edools, Nextar e Vesteer. A Edools é uma plataforma de ensino online robusta e personalizável, que permite a qualquer pessoa ou empresa vender seus cursos pela internet. A sede fica no Rio de Janeiro. A Nextar é uma startup catarinense que tem um software usado para a gestão comercial, com o objetivo de facilitar o dia a dia de pequenas e médias empresas e a startup paulista Vesteer criou uma plataforma que permite que qualquer pessoa possa lançar produtos e vender online.

O prêmio recebeu inscrições até o mês de outubro e os dados foram submetidos à curadoria da Great Place To Work, que apontou como finalistas as startups Cheesecake Labs, Edools, Habitavale, Nextar, Tracksale e Vesteer. Dessas, três foram consideradas como os destaques do No Caminho Certo 2016. No ano passado, os destaques foram Hekima, WeAudit e Geneses.

O evento de premiação, realizado no Google Campus São Paulo, teve ainda quatro palestras: Luiza Trajano, do Magazine Luiza, Rodrigo Kede, da IBM, Ricardo Rinkevicius, da Starbucks, e João Paulo Pacífico, do Grupo Gaia.

“O Brasil precisa de mais exemplos de jovens empreendedores que estão fazendo a diferença, por isso é muito bacana ver startups de estados diferentes sendo finalistas e destaques como empresas incríveis para trabalhar!”, afirma Pedro Paulo Barbosa, fundador da Virtvs.

Para o evento de premiação do No Caminho Certo 2016, a Virtvs contou com o apoio do Santander, da Livelo, da Philips Sound, do Twitter e da Gama Academy.